O Dia da queda

Hoje eu cai. Cair não seria o melhor verbo a se usar. Hoje fui atropelado. Sim, estou com a perna um pouco dolorida, mas nada grave. Não tem porque eu,  ou você, se preocupar. Mas, o fato é que: estive ali, caido, enquanto os carros paravam para verificar o que havia acontecido, estava ali, deitado, com as pernas tremulas.

O olhar assustado da motorista, ao me ver levantar, com as pernas a tremular como varas verdes. Os rostos preocupados, o novo assunto na banca de jornal: o rapaz de bicicleta foi atropelado. As novas afirmações surgindo na mente dos espectadores: Sim, bicicleta é perigoso.

Estava quem errado? não sei bem dizer. Em bairros, sabemos que de carro, a pé, de bicicleta, seja o que for, a preferência é de quem está no mais potente. Do maior para o menor, como em uma selva, o mais forte. No meu caso, eu era o mais fraco.

Cair vai ser sempre parte. Seja qual for o obstáculo, estarei sempre pronto a uma queda.

Agora, levantar, nunca se sabe como se pode levantar após uma queda. Nunca se sabe o que se poderá ver após o retorno do chão.

 

Nem sei se deveria estar escrevendo isso, ou mesmo, se alguém deveria ler isso. Mas hoje, esse fato, me faz perguntar: o que me fez levantar? o que me faz na vida sempre levantar? o que na vida, me faz buscar mais obstáculos que vão me derrubar, mas com certeza, me forçaram a enfretar novos?

Se bicicleta é perigoso, não sei dizer. Que a vida é perigosa, estou certo que é. Quais as quedas que temos medo de nos machucar? Onde mora a covardinha, que não permite sentir o gosto do asfalto?

 

Ainda sou jovem, mas não serei para sempre.

 

 

 

Anúncios

Uma resposta em “O Dia da queda

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s