Além da Bicicleta

Estava reparando que aqui no ABC os ciclistas não tem a tendência de comprimentar-se.
Reparei também esses dias a queda de um ciclista. Simplesmente dois outros ciclistas passaram por ele, o cara do “kadet” que derrubou o cliclista não parou e nem deve ter olhado no retrovisor pra saber se o ciclista estava vivo. Resumindo, absolutamente ninguém veio até o ciclista e perguntou:
você esta bem?
Se fosse um motorista bebado no carro, fariam o mesmo?
A massa não é apenas aquela penúltima sexta do mês, temos que ser a massa a todos os instantes que estamos no pedal ou não. Pois a solidariedade se quebra quando apenas vivemos o individualismo.
O que quero dizer é que NÓS SOMOS O TRÂNSITO. Nós pedestres, skatestitas, ciclistas, cadeirantes e tudo que é vida. Acredito que deviamos ser mais unidos, mais juntos. Se os carros não sentirem nossa presença vamos ser sempre excluídos das vias ( Afinal, o carro que é o mesmo objeto que encurta distâncias, cria novas distâncias).
Vamos comprimentar os outros ciclistas. Vamos comprimentrar as pessoas que fazem o trânsito, dos que varrem a rua aos que estão em cima de uma bike.
Vamos tentar trazer essa “solidariedade” para o ABC. Viu um ciclista parado, pergunte o que ta acontecendo. Se é área de pedestre, desmente da bike e ande com ela. Vamos trazer mais amor as vias que motor.
Não sei se é uma sensação minha, mas acho que as ruas “estão muito frias para os ciclistas”, vamos nos juntar. pedalar juntos, tomar faixas. Temos as leis a nossa favor, e quando não tiver façamos as leis, pois não seremos um indivíduo exigindo e sim uma massa única cobrando mudanças.
A próxima bicicletada vai ser em Santo André, e vamos decidir o nome da praça, ou se vai ser ela mesmo. Temos tempo para pensar em um nome, tempo
para ver se será essa praça mesmo. Por isso, vamos chegar com ideias, como todos sabem a massa crítica não tem lideres e sim uma única face, a de
todos os excluídos da ditadura dos automóveis. Portanto, faça-se ouvir!
Se você quiser fazer panfletos, faça! Se não sabe fazer, manda a ideia aqui na lista que alguém vai fazer. Se não tem como xerocar, imprimir, manda aqui na lista que alguém pode fazer. A ideia e fazer o ABC sentir a gente, sentir a massa, sermos vistos. Mudando pequenas atitudes nossas, como vender o carro a comprar um bike ;), podemos quebrar gigantescas paredes de medos e preconceitos da sociedade. Vamos ser a massa! Outra coisa, quem não leu esse livro: Apocalipse Motorizado, tem aqui pra download:
Recomendo muito….
Bom, isso é um sentimento meu, não sei se todos tem essa sensação. Enfim, era isso.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s